Home |  Quem somos |  Calendário |  Esta semana |  Anuncie |  Fale conosco Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017
 
 
SÃO JOSÉ DO BARREIRO - SP

Esta pequena e pacata cidade paulista fica no meio do caminho entre as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, a cerca 260 km da primeira e 180 km da segunda, e a poucos quilômetros da Via Dutra,
Está localizada no sopé da Serra da Bocaina, uma extensão da Serra do Mar que apresenta grande beleza natural em cenários que vão desde as cachoeiras e mirantes espalhados pela serra, até as praias do litoral sul do Rio de Janeiro, na região de Parati e Trindade. Um patrimônio natural que se encontra protegido desde 1961, com a criação do Parque Nacional da Serra da Bocaina. Por dentro do parque passa o Caminho do Ouro, um caminho utilizado na época colonial como ligação entre o litoral e Minas Gerais, e que hoje é rota de aventureiros dispostos a caminhar pela serra e descobrir toda a rica natureza desta região.
A região é ideal para quem quer se aventurar em caminhos próprios para veículos 4x4, além de trilhas para se percorrer de moto, mountainbike, ou a pé, levando a cachoeiras, ao pico de montanhas, de onde se pode avistar o mar, além de uma rampa natural de Vôo Livre.
São José do Barreiro tem sua origem no período colonial, inicialmente como ponto de parada dos tropeiros que atravessavam a região transportando ouro de Minas Gerais para o litoral, onde era então embarcado para Portugal. Depois a cidade passou por uma época de grande prosperidade, durante o ciclo do café, quando grandes fazendas prosperaram na região, más, com o declínio do café, tomou o ritmo pacato, típico das pequenas cidades do interior, conservando as antigas construções na cidade e vários casarões das antigas fazendas, alguns transformados em hotéis.
Sua proximidade com a Serra da Bocaina voltou a transforma-la num ponto de parada, agora para os aventureiros que vão explorar as belezas da serra.

Veja em ”Atrações” mais detalhes de tudo o que a região oferece.


Aproveitando a Viagem

Além de São José do Barreiro esta região, que compreende também parte do Vale do Paraíba e da Serra da Mantiqueira, possui vários outros atrativos de aventura como em Cunha, em Itaitiaia, Itamonte, Passa Quatro, Penedo, Visconde de Mauá e, no litoral, Parati e Angra dos Reis. Em breve estaremos trazendo também informações sobre elas.

Notícias Relacionadas à Cidade
Não existem notícias para essa cidade

   
Modalidades
4x4
Canyoning
Moto
Trekking

Parque Nacional da Serra da Bocaina – Pico do Tira Chapéu, Cachoeiras dos Veados, Santo Izidro e Trilha do Ouro

O Parque Nacional da Serra da Bocaina, com seus cerca 100.000 hectares, se extende desde o alto da Serra da Bocaina até o litoral, e abrange parte dos municípios de São José do Barreiro, Areias, Cunha, Ubatuba, Parati e Angra dos Reis. O acesso a sua sede se dá em São José do Barreiro, por uma estradinha de terra que sobe a serra até a portaria do parque, e que já se apresenta como a primeira aventura na exploração da serra. São 27 km de uma estrada onde só passam veículos 4x4.

Dentro do parque, trilhas levam até belas cachoeiras como:
Santo Izidro, uma queda com 70 m de altura e um enorme poço, que fica próxima a portaria do parque, e onde se pode praticar o canyoning, em um rapel pela cachoeira;
Cachoeira das Posses, vizinha da Santo Izidro, com 50 m de altura;
Cachoeira dos Veados, uma das maiores do parque, com seus cerca de 200m de altura divididos em duas quedas. Para chegar até ela são 4 horas de caminhada em uma trilha de grau de dificuldade elevado.

Para se chegar até o Pico do Tira Chapéu, o ponto mais alto da Serra da Bocaina, é preciso enfrentar de 3 a 4 horas de caminhada montanha acima, em uma trilha, de alto grau de dificuldade, que parte da portaria do parque. O pico fica no Morro da Boa vista e o esforço para chegar até o alto de seus 2200m de altitude é recompensado pela vista que se tem lá de cima, com uma visão panorâmica da bela baía de Parati, da própria Serra da Bocaina e da Serra da Mantiqueira, no trecho entre a Pedra Selada, em Visconde de Mauá, e o Pico dos Marins, onde é possível avistar o Pico das Agulhas Negras e as Prateleiras. Com o tempo bem limpo pode-se ver até a baía da Ilha Grande.

A Trilha do Ouro é, sem dúvida, mais importante e famosa do parque. Um antigo caminho que cruza toda a Serra da Bocaina, e na época da colonização foi uma importante via de ligação entre o interior e o litoral. Inicialmente utilizada pelos índios, depois para o transporte do ouro vindo de Minas Gerais até o litoral, e por fim no escoamento da produção de café para o porto de Parati. Passada a fase áurea do café, a trilha ficou um bom tempo no esquecimento, e hoje volta a ter importância agora como um caminho que leva a uma aventura para desvendar as belezas da Serra da Bocaina. Partindo-se da sede do parque, são 2 a 3 dias de caminhada por uma trilha íngreme e difícil, calçada em vários trechos com grandes pedras irregulares, mas que recompensa o viajante com belas cachoeiras, como a dos Veados, em meio a exuberância da Mata, além de pontos onde se enchem os olhos com a bela visão panorâmica do litoral.

É necessária a autorização prévia da administração do Parque para percorrer a Trilha do Ouro, assim como para entrar com veículos no parque.
Caminhões e jipes fazem o trajeto de São José do Barreiro até a entrada do Parque e Operadoras Turísticas da região oferecem toda a estrutura para se percorrer a Trilha do Ouro desde São José do Barreiro até Parati,com guias, acomodações para os pernoites e transporte de volta.

Partindo das Capitais abaixo reserve:
São Paulo 2 dias > São Paulo 3 dias > São Paulo 4 dias
Rio de Janeiro 2 dias > Rio de Janeiro 3 dias > Rio de Janeiro 4 dias
Belo Horizonte 4 dias

 

   Outros Eventos
Data Evento Modalidade
Não existem outros eventos para esta cidade

   Outras Atrações
Atração Modalidade
Serra da Bocaina – Pico do Gavião, Pico da Bacia e outros caminhos da Serra 4x4
Cavalgada
Moto
Mountainbike
Trekking
Vôo Livre


-De São Paulo é só seguir direto pela Dutra, ou seguir inicialmente pela Airton Senna e pela Rod. Carvalho Pinto, pegando a Dutra em Taubaté e seguindo até Queluz; em Queluz pegar a estrada que leva até São José do Barreiro, passando por Areias, total 263 km.

-Do Rio de Janeiro seguir pela Dutra até Barra Mansa e lá pegar a esquerda a estrada que segue para São José do Barreiro, passando por Bananal e Arapeí, total 185 km.

-De Belo Horizonte seguir pela Fernão Dias até Três Corações; de Três Corações seguir para Pouso Alto, passando por Cambuquira e Caxambú; de Pouso Alto ir até Engenheiro Passos, na Rod. Presidente Dutra, passando por Itamonte; pegar a Dutra em direção a São Pauloe seguir até Queluz; em Queluz pegar a estrada que leva até São José do Barreiro, passando por Areias, total 515 km.
 

Hospedagem
-Fazenda Boa Vista > 12-3117-1539
-Fazenda São Francisco > 12-3117-1264
-Fazenda São Sebastião > 12-3079-1631
-Hotel Porto da Bocaina > 12-3117-1102
-Pousada Camping Fazenda Dona Esmeralda > 12-3117-1210
-Pousada Barreirinha > 12-3117-1113
-Pousada Camping Lageado > 12-3117-1492
-Pousada Casa da Bocaina > 11-3057-1925
-Pousada Dona Maria > 12-3117-1281
-Pousada Estância Real > 12-3117-1201
-Pousada Fazenda da Barra > 12-3117-1166
-Pousada Fazenda Lagoa da Saudade > 12-3117-1256
-Pousada Fazenda São Benedito > 12-3117-1236
-Pousada da Rampa > 12-3189-0811
-Pousada Recanto da Floresta > 12-3117-1178
-Pousada Regis > 12-3117-1184
-Pousada Vale dos Veados > 12-3117-1192



Serviços de Apoio
MWTrekking > 12-3117-1178

   
Para Retornar aos resultados, clique no Botão Back (voltar) do seu navegador.